Pequena História do Site

Pequena História do Site

Muito antes de pensar em site, em 1995 eu estava preocupada em catalogar minha já bem grande discoteca de música brasileira.

Naquela época, trabalhando em Rádio, eu começava a perder músicas que sabia que tinha, mas não lembrava mais em quais discos estavam. Então, a cada vez, era um tal de baixar os discos das estantes até encontrar a música procurada. Muitas vezes eu acabava desistindo…

Foi então que, saindo da Rádio, comprei meu primeiro computador com parte do fundo de garantia que recebi. Ao mesmo tempo, conheci uma pessoa, Ludgero Galvinas, que tinha uma empresa de informática pertinho da minha casa e contei a ele o que pretendia fazer.

Não queria, apenas, listar os discos e suas músicas, mas também os compositores, os arranjadores, os músicos acompanhantes e os instrumentos que estavam tocando em cada faixa. E criar um tipo de consulta de tal forma que, quando perguntasse por um músico tivesse como resposta todos os discos de que ele participava. E a mesma coisa em relação às músicas, aos compositores e arranjadores.

Ludgero se apaixonou pela ideia, me indicou um software que era o melhor na época (lembrando que estávamos em 1995) e, durante anos, ia a minha casa duas ou três vezes por semana e se dedicava a modificar o software – o Access, da Microsoft – pra que ele desse as respostas que eu desejava, sem redundâncias e com precisão absoluta. Esse trabalho não foi fácil, foi sendo construído passo a passo, e foi muito bem sucedido.

Outra dificuldade, que tornou o trabalho muito lento, foi o fato de que muitas fichas técnicas traziam o nome do músico, o instrumento que ele estava tocando, mas não dizia em quais faixas. Isso me obrigava a ouvir faixa a faixa e procurar cada músico dentro dela. Violão era fácil encontrar, guitarra idem, contrabaixo idem, piano e acordeon mais ainda. Mas os saxofones… Alto, soprano, tenor, barítono… A mesma dificuldade pra distinguir entre o trompete e o flugelhorn. Tive que comprar um CD-Rom que mostrava os instrumentos de sopro e como eles soavam. Tinha estudado música dos 11 aos 28 anos e isso me ajudou muito. Não me tornei uma musicista, mas meu ouvido é apurado. Então, ao mesmo tempo em que praguejava contra os produtores que desprezavam os músicos que enriqueciam os discos a ponto de não detalhar as fichas técnicas ou, pior, nem oferecer alguma ficha técnica, fui eu mesma, com minhas próprias mãos e meus ouvidos, desfazendo – na medida do possível – esta imensa injustiça.

Nisso, como o tempo voa, cheguei a 1998. E a Internet já uma realidade. Um dia, pedi ao maestro Nelson Ayres, que tinha sido meu professor e desde então é muito meu amigo, para ir a minha casa e checar meus acertos e erros na identificação dos músicos não detalhados nas fichas técnicas. Até então, ele sabia do trabalho que eu estava fazendo mas não tinha ideia do tamanho dele. Pra meu orgulho, primeiramente ele elogiou meus muitos acertos e poucos erros quanto aos músicos. Depois, me olhando muito seriamente, disse: “esse trabalho não pode ser só seu, só pro seu desfrute; você tem que colocá-lo na rede”.

E foi a partir desse toque que nasceu o site Discos do Brasil, construído pelo mesmo Ludgero Galvinas que desde o início tinha abraçado essa ideia junto comigo e era claramente a pessoa mais indicada e mais habilitada pra isso.

Em 2001, o trabalho foi hospedado generosamente pelo Instituto Itaú Cultural e, a partir de 2005, partiu pra sua carreira solo e tornou-se um site autônomo, sustentado por mim, sem nenhum apoio de empresas ou de órgãos governamentais, e oferecido gratuitamente a quem quiser consultá-lo. Seu primeiro design foi feito pela High Performance – Marketing Interativo a partir de uma ideia minha.

 

 

E aqui, um crédito muito especial a uma pessoa que há muitos anos colabora comigo e com o site, gravando e inserindo os trechos de 30 segundos de cada faixa e, sem que eu pedisse, fazendo a revisão do meu trabalho e me alertando para os inevitáveis erros. Eu o conheço há muitos anos, trabalhamos juntos na Rádio Cultura e ele tem sido um amigo e um companheiro de trabalho precioso. João Antônio Batista.

E, por fim, devo e quero dizer que desde meus 10, 11 anos de idade, minha noção de orgulho pátrio me foi dada pela música e pelos músicos do Brasil. Com esse trabalho, procuro agradecer a eles pelo tanto que embelezam a minha vida.

O site, agora de cara nova e plataforma idem, foi redesenhado por Carol Sampaio, com programação de Rico Crivelli e suporte de Danilo Tavares. E vai ficar hospedado aqui, na Capim Design, capitaneada por eles. Novos e valorosos parceiros de um trabalho de que muito me orgulho.

Maria Luiza Kfouri

 

 

 

30 Comentários
  • ARTHUR DE FARIA SILVA
    Postado às 11:01h, 24 dezembro Responder

    E tá lindo!

  • Juca Kfouri
    Postado às 12:19h, 24 dezembro Responder

    De fato!

  • Sandra Raiher
    Postado às 14:59h, 24 dezembro Responder

    Ficou muito legal, Maria Luiza!
    Obrigada por este incrível presente de Natal!

  • Heleno Neto
    Postado às 18:19h, 24 dezembro Responder

    Me sinto presenteado!
    O site já era bom e agora ficou perfeito! Obrigado por esse trabalho tão bonito e cuidadoso!

    Viva a musica brasileira! Viva Aldir Blanc!

  • alfeu*
    Postado às 21:20h, 24 dezembro Responder

    Esse tipo de mudança normalmente é complicado. Somos obrigados a nos acostumarmos na marra.
    Para quem frequentemente acessa essa pagina para consultas, como eu, sente de imediato uma melhoria, ficou mais confortável a leitura e a pesquisa.
    Parabéns e obrigado.

  • Maria Luiza Kfouri
    Postado às 10:42h, 25 dezembro Responder

    Alfeu, eu mesma resisti muito a mudar. Era muito apegada aquele design com cara de vitrola antiga. Mas a imposição de mudar a plataforma em que ele estava “plantado” porque a tal flash sai do ar agora dia 31, me incentivou a dar uma mexida. Obrigada por sua frequência. Maria Luiza

  • Julio Cesar de Barros Biar
    Postado às 21:43h, 27 dezembro Responder

    Parabéns aos envolvidos na reformulação do site. Está bem bacana!
    Como jornalista, programador e pesquisador musical, estou sempre usando as precisas informações que encontro aqui.
    Mais uma vez, parabéns!

  • Lia M Alvim
    Postado às 22:24h, 29 dezembro Responder

    O número de vezes que o site nos salvou na Rádio Cultura, já bem depois de sua saída claro, foi enorme. E com certeza deve continuar ajudando todos nossos colegas que estão por lá. Na Rádio Vozes, permitiu podermos dar créditos a todos os músicos nos programas musicais. Hoje busco para resolver aquelas dúvidas que nos perseguem para sempre e o site taí com informações precisas. To me acostumando com a busca, embora com o formato de procura preservado. A página inicial ta linda, mas é gostoso ver a nossa companheira aqui, no histórico. Parabéns pelo trabalho persistente e inteligente. Parabéns aos seus novos companheiros nessa empreitada, com certeza ensinam e aprendem.

  • Leonardo Bach
    Postado às 20:56h, 30 dezembro Responder

    Lindíssimo trabalho! Muito obrigado pela dedicação!

    • mlkfouri
      Postado às 21:34h, 30 dezembro Responder

      Obrigada a você, Leonardo!
      Use e abuse.

  • Ylian Miranda
    Postado às 10:01h, 03 janeiro Responder

    Esse site deveria ser tombado como patrimônio mundial pela Unesco! Muito obrigado a todos vcs por esse trabalho maravilhoso!

  • Maria Luiza Kfouri
    Postado às 11:00h, 04 janeiro Responder

    Obrigada a você, Ylian!

  • Rogerio dos Santos
    Postado às 22:23h, 10 janeiro Responder

    Querida Maria Luiza, o site ficou de fato lindo! Super intuitivo! Parabéns e obrigado por disponibilizar tanta coisa boa.

    • mlkfouri
      Postado às 00:00h, 11 janeiro Responder

      Obrigada, Rogério! Um grande abraço.

  • ROSANGELA MARIA DE ALBUQUERQUE
    Postado às 09:28h, 18 janeiro Responder

    Fiquei sabendo do site por caso vendo uma live da Teresa Cristina, fiquei curiosa e vim conhecer, adorei meus parabens pelo projeto, muito valioso,para quem ama musica de verdade..E realmente um tesouro de informaçao,um presente para nos.Obrigada.

    • mlkfouri
      Postado às 11:20h, 18 janeiro Responder

      Obrigada, Rosângela. Use e abuse.

  • Rodrigo
    Postado às 23:29h, 26 fevereiro Responder

    Ficou lindo o novo leiaute. Parabéns Maria Luiza e equipe

    • mlkfouri
      Postado às 07:01h, 27 fevereiro Responder

      Obrigada, Rodrigo!

  • José Walter Silva e Silva
    Postado às 09:15h, 23 setembro Responder

    Fantástico, o trabalho de vocês. Parabéns!

  • Fábio Moura
    Postado às 16:56h, 18 outubro Responder

    Fiquei super feliz quando vi o novo site… sou músico, produtor musical e também trabalho com Web e Software… lembro-me que no início da pandemia entrei em contato contigo para oferecer meus serviços de desenvolvimento para atualizar o site que estava entrando em ‘entropia’, ficamos de fazer contato depois e quando abri o site novamente, meses mais tarde, estava essa lindeza. Execelente trabalho! … Esse seu trabalho é indescritível, como eu gostaria de poder ajudar…sucesso abraço.

    Att.

    • mlkfouri
      Postado às 19:25h, 18 outubro Responder

      Obrigada, Fábio! Um grande abraço!

  • Rafaella Cosenza
    Postado às 09:52h, 21 dezembro Responder

    Apenas queria agradecer por todo trabalho e dedicação e por compartilhar seu conhecimento e experiência! O acervo é precioso!

    • mlkfouri
      Postado às 13:17h, 21 dezembro Responder

      Obrigada, Rafaella! Um abraço.

  • João Marum
    Postado às 13:01h, 23 dezembro Responder

    Maria Luiza, te parabenizar pelo esforço e obstinência é muito pouco.
    Este site é uma obra de arte !
    Pois significa a preservação histórica da nossa música, dos nossos artistas e
    produtores musicais.

    • mlkfouri
      Postado às 13:06h, 23 dezembro Responder

      Muito obrigada, João!
      Um abraço.

  • Mauricio Warick Neto
    Postado às 16:47h, 03 janeiro Responder

    Parabéns pelo conteúdo nota 1.000, com raríssimas informações sobre autores e músicos que participaram das gravações, que infelizmente se tornaram dispensáveis e meramente complementares na ótica da grande maioria dos divulgadores. A única observação, e somente pelo aspecto construtivo, ficou por conta de melhores índices do conteúdo para pesquisa, dada a imensa quantidade existente no site de intérpretes, autores e discos. Em minha primeira exploração do conteúdo do site naveguei por 16 páginas com nomes de interpretes até chegar a Beth Carvalho, que era meu objetivo inicial. Com o tempo o frequentador assíduo e paciente vai desenvolvendo o felling para buscar mais ou menos a localização de determinada informação. Existem diversos sites de conteúdos musicais e afins que disponibilizam a busca rápida com uma página com lista de nomes “linkados” ou mesmo aninhados por grupos da primeira letra do nome e também por estilo como o “Pegacifras”. Apenas como exemplo de índice prático de pesquisa, cito o site do colunista Nilson Xavier especializado em teledramaturgia no link http://teledramaturgia.com.br/novelas/novelas-ordem-alfabetica/
    Parabéns novamente, obrigado pelo site e um grande abraço!

    • mlkfouri
      Postado às 16:51h, 03 janeiro Responder

      Muito obrigada, Maurício.
      Um forte abraço.
      Maria Luiza Kfouri

  • Augusto TM
    Postado às 22:33h, 16 janeiro Responder

    Parabéns! Seu projeto é inspirador e sempre um complemento para qualquer pesquisa. Procuro sempre acompanhar e também indico 🙂
    Sucesso, sempre!

    • mlkfouri
      Postado às 08:04h, 17 janeiro Responder

      Muito obrigada, Augusto!

      Use e abuse.

  • marli pereira
    Postado às 20:54h, 12 junho Responder

    seu irmão Juca, deu a dica, e fui la no seu blog. O sentimento que eu tive foi muito parecido com aquelas tardes,, entre amigas e lá no quarto ouvindo a vitrolinha tocar
    “aquela” predileta da turminha. Delicia de memória.
    delicia de blog, sabor de cana-caiana. Obrigada

Deixe um comentário