DISCO


MESTRES DA MPB - ANTÔNIO CANDEIA

Antônio Candeia


Característica:

vocal

Gravadora:

WEA

Produtor:

Tárik de Souza/Carlos Alberto Sion (coletânea)

Formatos:

(CD/1992)

Primeiro disco:

1992

Observação:

Coletânea. Ficha técnica do disco sem créditos aos músicos e arranjadores e sem as datas originais de gravação.

Música(s):

faixa 01

Clique para ouvir a música

Dia De Graça

     

Compositor(es):

 

Antônio Candeia

     

faixa 02

Clique para ouvir a música

Ao Povo Em Forma De Arte (G.R.A.N. Escola de Samba Quilombo)

     

Compositor(es):

 

Nei Lopes

   

Wilson Moreira

     

faixa 03

Clique para ouvir a música

Pintura Sem Arte

     

Compositor(es):

 

Antônio Candeia

     

faixa 04

Clique para ouvir a música

Maria Madalena Da Portela

     

Compositor(es):

 

Aniceto do Império (Aniceto Menezes)

     

faixa 05

Clique para ouvir a música

Pot-pourri

   

Vivo Isolado Do Mundo

     

Compositor(es):

 

Alcides Dias Lopes (Alcides Malandro Histórico)

     
   

Amor Não É Brinquedo

     

Compositor(es):

 

Antônio Candeia

   

Martinho da Vila

     

faixa 06

Clique para ouvir a música

Pot-pourri

   

Gamação

     

Compositor(es):

 

Antônio Candeia

     
   

Peixeiro Granfino

     

Compositor(es):

 

Antônio Candeia

   

Bretas

     
   

Ouço Uma Voz

     

Compositor(es):

 

Antônio Candeia

   

Nelson Amorim

     
   

Vem Amenizar

     

Compositor(es):

 

Antônio Candeia

   

Waldir 59

     

faixa 07

Clique para ouvir a música

Nova Escola

     

Compositor(es):

 

Antônio Candeia

     

faixa 08

Clique para ouvir a música

Pot-pourri

   

Ouro, Desça Do Seu Trono

     

Compositor(es):

 

Antônio Candeia

   

Paulo da Portela (Paulo Benjamim de Oliveira)

     
   

Mil Réis

     

Compositor(es):

 

Antônio Candeia

   

Noca da Portela

     

faixa 09

Clique para ouvir a música

Pot-pourri

   

O Invocado

     

Compositor(es):

 

Casquinha (Oto Enrique Trepte)

     
   

Beberrão

     

Compositor(es):

 

Aniceto do Império (Aniceto Menezes)

   

Molequinho (Sebastião de Oliveira)